love lip color – DNA

Olá. gente linda! No post de hoje trago uma resenha do batom  que na verdade se parece um esmalte, o DNA love lip color na cor red. Sabe quando você quer deixar sua boca vermelhinha mas com um tom natural mas não quer que ninguém perceba que você está com batom? Então, é disso que vamos falar! A DNA Italy é uma marca de esmalte mas que vem investindo em produtos de maquiagem e tenho que confessar que eles arrasaram, pois estou amando esse produto.

 

O love lip é um batom tinta que é totalmente liquido e é super importante está atendo ao aplicar, se não poderá manchar sua roupa. Ele vem com um pincel de aplicação que se parece muito com o  pincel de esmalte e não é difícil de aplicar.  Quando aplico em seguida com o próprio dedo ou com um cotonete (quando não quero sujar o dedo) dou uma espalhada , pois conforme você vai aplicando vai deixando ele mais escurinho mas confesso que gosto dele bem natural, por isso que assim que aplico com o pincel eu já dou uma espalhada.

O acabando vai depender muito de cada pessoa, tem gente que prefere mais natural e outras um pouco mais escuro. A duração dele é incrível também, durou bastante na boca e sem contar q ele não mancha, ele secando se quiser esfregar a boca, pode… pois ele fixa muito bem.

Ele tem em duas cores: no rosa e no vermelho.

O valor do produto que paguei em minha cidade foi de R$: 16,90

Espero que tenham gostado, um beijo e até a próxima!

6 filmes para você assistir na NETFLIX

Olá, gente linda! Se tem algo que eu amoooo é assistir filme, nas férias principalmente tive bastante tempo para ver bastante e vim aqui postar alguns dos filmes mais incríveis que achei na netflix. Então pega a pipoca e vamos lá!!

Sexy por acidente 

“Renee (Amy Schumer) convive diariamente com insegurança e baixa autoestima por conta de suas formas físicas. Depois de cair e bater a cabeça numa aula de spinning, ela volta a si acreditando ter o corpo que sempre sonhou e assim começa uma nova vida cheia de confiança e sem medo de seguir seus desejos.”

Mogli: Entre dois mundos

“Criado por uma alcatéia em meio às florestas da Índia, Mogli (Rohan Chand) vive com os animais da selva e conta com a amizade do urso Baloo (Andy Serkis) e da pantera Bagheera (Christian Bale). Ele é aceito por todos os animais, exceto pelo temido tigre Shere Khan (Benedict Cumberbach). Quando Mogli se defronta com suas origens humanas, perigos maiores do que a rixa com Shere Khan podem surgir.”

Irmãs

“As irmãs Maura Ellis (Amy Poehler) e Kate Ellis (Tina Fey) sempre foram muito diferentes: enquanto a primeira é conhecida por ser responsável e ajudar os outros, a segunda é especialista em perder empregos e namorados, o que deixa a sua filha adolescente furiosa. Quando as duas descobrem que a casa da infância será vendida pelos pais, elas decidem dar uma última festa, e aproveitar tudo que não puderam fazer no local quando eram mais novas.”

O plano imperfeito

“Harper (Zoey Deutch) e Charlie (Glen Powell) trabalham como assistentes para dois executivos em Manhattan. O temperamento e a dinâmica de seus chefes transformam suas vidas em um verdadeiro inferno. Desesperados e exaustos, os dois jovens se juntam para elaborar um plano um tanto quanto ousado: fazer com que os seus superiores se apaixonem e, dessa forma, fiquem mais tranquilos em relação ao trabalho.”

O que esperar quando você está esperando

“Holly (Jennifer Lopez) é uma fotógrafa casada com Alex (Rodrigo Santoro) e quer muito adotar uma criança. Ele concorda com a ideia, mas a proximidade de receber o bebê faz com que tenha dúvidas se está preparado para a tarefa de ser pai.”

Onde esta segunda

“2073. O aumento crescente da população faz com que os recursos naturais da Terra se tornem cada vez mais escassos, especialmente após a América do Sul tornar-se um imenso deserto. A saída é investir em alimentos geneticamente modificados, de forma a ampliar a produção em um espaço físico cada vez mais limitado. Entretanto, tal iniciativa gera como efeito colateral o nascimento cada vez maior de gêmeos, o que aumenta ainda mais o problema da superpopulação. Neste contexto, Nicolette Cayman (Glenn Close) surge com uma proposta drástica: cada casal pode ter apenas um filho, e os irmãos são confinados em ambiente criogênico para serem despertados quando a situação do planeta estiver sob controle. Todos os países adotam esta proposta, com a criação de uma agência implacável que fiscaliza os cidadãos através de pulseiras eletrônicas. Apesar de tamanha vigilância, Terrence Settman (Willem Dafoe) consegue salvar a vida de suas sete netas fazendo com que elas se revezem nos dias da semana, de forma que todas assumam o codinome Karen Settman – o mesmo nome de sua mãe, que faleceu no parto. Trinta anos depois, as sete irmãs seguem esta rígida rotina até que uma delas, Segunda (Noomi Rapace), misteriosamente não retorna para casa.”

 

Espero que tenham gostado das indicações, um beijo e até a próxima!